+24°C
PARTICIPE:
siga o Centro de SP no Facebook
siga o Centro de SP no twitter siga o EncontraSP no Google+

A Zona Leste de São Paulo abriga dezenas de museus e outros centros históricos, além de oferecer aos seus moradores diversas opções de parques para recreação e lazer para todas as idades. É também a região mais populosa da cidade de São Paulo.



 





ZLSP

Zona Leste (ZL) de São Paulo

 

Bairros da Zona Leste
 
Anália Franco Cidade Tiradentes Mooca Tatuapé
Aricanduva Ermelino Matarazzo Penha Vila Formosa
Belenzinho Guaianases São Mateus Vila Prudente
Cangaíba Itaim Paulista São Miguel Paulista  
Carrão - Carrãozinho Itaquera Sapopemba  

Confira aqui os guias de comércios e empresas catalogadas de A a Z nos bairros da Zona Leste

Anália Franco Lista de Categorias de A a Z

Foto do Bairro Belenzinho

Foto Aérea do Bairro Guainazes

Foto Noturna do Bairro São Miguel Paulista

Foto do Bairro Vila Formosa

Aricanduva A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Belenzinho A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Cangaíba A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Carrão A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Cidade Tiradentes A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Ermelino Matarazzo A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Guaianazes A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Itaim Paulista A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Itaquera A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Mooca A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Penha A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
São Mateus A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
São Miguel Paulista A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Sapopemba A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Tatuapé A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Vila Formosa A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z
Vila Prudente A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Y Z

 

Sobre a Zona Leste

A Zona Leste é a região com o maior índice populacional da cidade. Segundo dados do Censo de 2008, a quantidade total de moradores já chegou aos 5 milhões de habitantes. Número maior que a maioria das capitais do país. A ZL, como é popularmente conhecida, possui alguns dos principais bairros periféricos da cidade como o Brás, Belém, Tatuapé, Mooca, Jardim Anália Franco, Penha, Vila Matilde e Vila Prudente.

História

A região onde hoje é a zona leste fora ocupada por tribos indígenas, como a Guaianaz que formou a Aldeia Ururai em 1580. Os colonizadores portugueses que buscavam rumos para o leste sofriam de constantes e violentos ataques indígenas pelo caminho por terra. Então os rios Tietê, Tamanduateí, Aricanduva e seus afluentes tiveram um importante papel nas bandeiras. Estas utilizavam as vias fluviais para garantir segurança e maior rapidez.

Pouco a pouco as localidades banhadas por esses rios, áreas distantes ao centro, foram povoadas, exemplo de: Mooca, Tatuapé e São Miguel Paulista. Na última, o primeiro núcleo populacional da zona, houve a fundação da primeira igreja por meio dos jesuítas no ano de 1622, sendo estabelecida a Capela de São Miguel Arcanjo. Com o passar dos anos a região ganhou importância, pois fazia a ligação de São Paulo ao Rio de Janeiro. A cidade de São Paulo expandia-se, e seus territórios mais distantes tornavam-se propriedades rurais. Vilas eram criadas ao redor de igrejas, sendo assim criados novos bairros, como a Penha.

No final do século XIX a cidade industrializa-se e as antigas propriedades rurais são substituídas por indústrias e bairros proletários, caso de Vila Matilde e Vila Formosa. Houve também uma extensão da malha ferroviária paulistana, que escoava da mercadoria. Através da imigração a população multiplica-se descontroladamente, bairros operários sofrem de marginalização, por serem desprovidos de infra-estrutura. Os imigrantes vindos predominantemente da Itália e Japão estabeleceram tradições de suas culturas em seus bairros, forte exemplo da Festa de San Gennaro e Clube Atlético Juventus na Mooca.

As fábricas existentes, primeiramente produtoras de tecidos e alimentos, são gradativamente substituídas pela indústria pesada e construção civil. As mesmas dão a necessidade de maior mão-de-obra. A imigração diminuía a cada ano, portanto deu-se a atração de milhões de migrantes, oriundos do Nordeste do Brasil.

As regiões periféricas recebiam novos moradores, que por não fiscalização do Governo, construíam suas moradias em áreas sem infraestrutura, saneamento básico, eletricidade, dentre outros aspectos. Surgiram os bolsões de pobreza vistos na maioria dos distritos das regiões Leste 1 e 2. Aliado à decadência da indústria paulistana, a zona leste enfrenta inúmeros problemas, fazendo com que registre a pior renda média familiar e a menor concentração de atividade econômica, sendo uma das mais pobres da cidade.

Regiões da Zona Leste

Zona Leste 1

A região leste 1 de São Paulo é uma região administrativa estabelecida pela prefeitura de São Paulo englobando as subprefeituras da Penha, de Ermelino Matarazzo, de Itaquera e de São Mateus. De acordo com o censo de 2000, tem uma população de 1.552.070 habitantes e renda média por habitante de R$ 875,90. É uma região diversificada, tanto comercial, quanto residencial, que está em desenvolvimento, a qual está passando por processos de urbanização e regularização de áreas risco (favelas), canalização de córregos e do rio Aricanduva, além da verticalização.

Zona Leste 2

A região leste 2 de São Paulo é uma região administrativa estabelecida pela prefeitura de São Paulo englobando as subprefeituras do Itaim Paulista, de Guaianases, de São Miguel Paulista e de Cidade Tiradentes. De acordo com o censo de 2000, tem uma população de 1.169.815 habitantes e renda média por habitante de R$ 625,26. É a região com renda per capita mais baixa do município.

Zona Sudeste

A região sudeste de São Paulo é uma região administrativa estabelecida pela prefeitura de São Paulo englobando as subprefeituras da Mooca, de Aricanduva, de Vila Prudente e do Ipiranga. Forma com as zonas Leste 1 e 2 a macro-zona conhecida simplesmente como "zona leste", à exceção da subprefeitura do Ipiranga.
De acordo com o censo de 2000, tem uma população de 1.522.997 habitantes e renda média por habitante de R$ 1.341,40. É a região mais desenvolvida da Zona Leste da cidade, com melhor urbanização, verticalização e infra-estrutura.

Turismo

A Zona Leste de São Paulo possui um farto repertório de atrações culturais. Dentre estádios de futebol do Corinthians e Juventus, diversos parques, shoppings, planetário, museus e muito mais. Andando pelas ruas da região podemos desfrutar de muitas opções de passeios, diversão e cultura.

Veja lista completa de Pontos Turísticos

Parques

A Zona Leste é uma das principais regiões quanto ao número de parques totalizando 24 principais parques na região. Entre eles temos como destaque o Parque do Piqueri, Parque Ecológico do Tietê, Parque Ermelino Matarazzo, Parque Chico Mendes, Parque do Carmo, entre outros

Veja ista completa de Parques

Shoppings Centers

Uma das principais características da Zona Leste são os tradicionais shoppings Centers da região. O maior destaque é o bairro do Tatuapé com os Shoppings Metrô e Boulevard Tatuapé e o Shopping Aricanduva que em todo seu complexo é um dos maiores shoppings da América Latina.

Veja lista completa de Shoppings Centers

Transportes

A Região Leste é quase toda cortada pela linha 3 Vermelha do Metrô. Nela se situam as estações: Brás, Bresser, Belém, Tatuapé, Carrão, Penha, Vila Matilde, Guilhermina-Esperança, Patriarca, Artur Alvim e Corinthians-Itaquera

A Região possui também estações em três linhas de trêm da CPTM:

  • Linha 10 - Turquesa (Brás e Mooca)
  • Linha 11 - Coral (Brás, Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Dom Bosco, José Bonifácio, Guaianazes e Antnio Gianetti)
  • Linha 12 - Safira (Brás, Tatuapé, Penha, Engenheiro Goulart, USP Leste, Comendador Ermelino, São Miguel Paulista, Jardim Helena, Itaim Paulista, Jardim Romano e Engenheiro Manoel Feio).

    São também dezenas de linhas de ônibus e lotações para todas as demais regiões da cidade.

    Veja Mapa das linhas do Metrô e CPTM

    As principais vias de acesso para a Zona Leste de SP são a Marginal Tietê, Radial Leste, Avenida do Estado e Complexo Viário Jacu Pêssego

    Crescimento Imobiliário

    A Zona Leste por muito tempo foi tratada com certo desmerecimento devido a quantidade de bairros periféricos, favelas e malocas na região. Porém, principalmente na última década, com o crescimento urbano e a expansão cada vez maior dos centros empresarias e comerciais, a região principalmente pelo alto índice populacional, se tornou pólo imobiliário com a construção de centenas de condomínios residenciais e empresariais. Com esse crescimento também se evidenciaram as diferenças sociais da região que ao mesmo tempo possui os bairros com o metro quadrado mais barato da cidade, como Artur Alvim, Eremelino Matarazzo e São Miguel Paulista e possui também bairros com o metro quadrado custando mais que o dobro como Jardim Anália Franco e Tatuapé. Com a construção do Estádio do Corinthians em Itaquera a expectativa é que o valor imobiliário da região multiplique consideravelmente transformando o bairro tradicionalmente popular em um bairro emergente na conjuntura da cidade.


    Street View da Zona Leste



  • Vídeos da Zona Leste


    Fotos da Zona Leste

    Arena Corinthians - Construção
    SESC Itaquera

    Outras Regiões de São Paulo

    Zonas de São Paulo:      Zona Norte      Zona Sul      Centro SP       Zona Oeste


    Nasceu em 2008 o paulista Encontra São Paulo
    com a missão de ser o maior Guia de Bairros de São Paulo

    Todos bairros de São Paulo e cidade SP
    “ aqui Paulista Encontra ”


    SampaArt: conceitos históricos, artisticos e culturais da cidade de São Paulo.


    Para anunciar ligue (11) 3731-5468 / 3445-1003 / 9.9706-8881 (Vivo)